domingo, 23 de novembro de 2014

SAUDAÇÕES,PESSOAL!



Eis uma necessidade: arranjar belas páginas de vida. Como você está escrevendo as páginas de sua vida? Com cores mortiças? Eu não sei nada ao certo,mas urge sempre cuidar de nós mesmos, embora para o encanto os olhos estejam fatigados. Embevecer-se pelo espetáculo da existência, conquanto seja tão breve instante... Colocar vida em cada átimo de tempo. Viva a vida ainda que seja uma anosa vida. Edson Lira
São João XXIII (1881-1963), papa 
Oração em honra do Rei eucarístico (Boletim quotidiano do Ufficio Stampa Vaticana, 24/01/1959) 


«Depois virá o fim, quando [Cristo] entregar o reino a Deus Pai» (1Cor 15,24)

Jesus, Rei dos homens e dos séculos, acolhe as homenagens de adoração e de louvor que nós, teus irmãos de adoção, Te dirigimos humildemente. Tu és «o pão de Deus que dá a vida ao mundo» (Jo 6,33), simultaneamente sumo-sacerdote e vítima. Imolaste-Te na cruz pela redenção do género humano e hoje, pela mão dos teus sacerdotes, ofereces-Te todos os dias nos altares a fim de instaurares em todos os corações o teu «Reino de santidade e de vida, de justiça e de graça, de amor e de paz» (Prefácio da festa). 
Que o teu reino venha a nós, ó Rei da glória! (Sl 23) Do alto do teu «trono da graça» (Heb 4,16), reina no coração das crianças, para que elas conservem sem pecado o lírio imaculado da inocência; reina no coração dos jovens, para que cresçam sãos e puros, dóceis para com aqueles que Te representam no seio da família, da escola e da Igreja. Reina nos lares, para que pais e filhos vivam em harmonia no cumprimento da tua santíssima Lei. Reina na nossa pátria, para que todos os cidadãos, na ordem e na compreensão entre as classes sociais, se sintam filhos do mesmo Pai celeste, chamados a colaborar para o bem temporal de todos, felizes por pertenceram ao único corpo místico de que o teu sacramento é simultaneamente símbolo e fonte inesgotável! 
Reina por fim, ó «Rei dos reis e Senhor dos senhores» (Ap 19,16; Dt 10,17), em todas as nações da terra e ilumina os responsáveis de todas elas para que, inspirando-se no teu exemplo, alimentem «desígnios de prosperidade e não de calamidade» (Jer 29,11). Faz com que todos os povos, Jesus eucarístico, Te sirvam em plena liberdade, conscientes de que «servir a Deus é reinar».


sábado, 22 de novembro de 2014

"Quero despir-me de toda hipocrisia;
Quero sentir-me leve...sem o peso de ser o que não sou;
Quero exterminar as palavras que entoam sem verdade;
Desconsiderar o olhar que não encontra o meu.

Quero ensurdecer perante elogios sem sentimentos
;
Quero o desapego à falsa felicidade;
Quero descer do salto...
E, simplesmente, esquecer a etiqueta!"

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

PAPA: IGREJA NÃO PODE SER "CASA DE NEGÓCIO"



“Quantas vezes, ao entrarmos na igreja, nos defrontamos com uma lista de preços: batizados, bênçãos, intenções de Missa. E o povo escandaliza-se" (Papa Francisco)
Zc 2,17Emudeça todo mortal diante do Senhor,(...)


“Como se poderá contemplar a beleza de uma bondosa alma? Há uma resposta para isso: volta-te sobre ti mesmo e olha, e, se ainda não vês a beleza em ti mesmo, faz o que o escultor tem que fazer para uma estátua chegar a ser bela: pega uma parte, esculpe-a, pole e limpa de tal maneira que consegue arrancar do mármore uma forma bela. Desse modo, tu também tiras tudo o que é supérfluo, endireitas tudo que está torto e limpas tudo que está obscuro até torná-lo brilhante, e não cesses antes de modelar tua própria estátua, até que se manifeste em ti o divino resplendor da virtude e consigas ver a moderação assentada sobre um trono sagrado”. Plotino