domingo, 1 de março de 2015

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Ponto que sempre merece a máxima atenção: a qualidade da nossa convivência. O colírio para enxergar a Deus é o nosso semelhante. Não se esqueça do seu próximo. Ama a Deus quem ama o seu semelhante. Apresento para a nossa edificação espiritual este reflexivo texto:
"Reconcilia-te com o teu adversário, enquanto vais com ele a caminho.(cf. Mt 5,20-26)
Jesus recorda-nos que somos companheiros de caminho.
Pelo caminho vão havendo encontros e desencontros,
na arte inevitável de acertar arestas entre pessoas diferentes.
O caminho da vida é uma escola para aprender a relacionar-se,
não uma biblioteca para catalogar bons e maus
nem um museu para embalsamar adversários e estatuar amigos.
A reconciliação é um dom que permite a ambos crescer no louvor.
Sem reconciliação humana não há comunhão divina.
Há pessoas que fazem da vida um campo de batalha,
entre fugas, revoltas, vinganças, murmurações, condenações.
Imaginam um Céu grande, com quartos privados de escondimento,
onde a comunhão plena possa ser ludibriada pelo silêncio
e o grande e eterno encontro possa ser um eterno desencontro.
Por isso, reza-se a Deus, mas não se fala com o irmão,
comunga-se Cristo, mas abstêm-se de comungar o irmão,
busca-se a paz, alimentando a raiva com o adversário,
cumpre-se o dever religioso, mas não oferece perdão cada dia.
Senhor, Misericordioso a jorrar vida e reconciliação,
dá-nos um coração bom, afável e aberto ao diálogo.
Cristo, Palavra da graça divina a oferecer salvação à humanidade,
ensina-nos a fazer da nossa vida uma escola de comunhão.
Espírito de paz e força dos que sofrem injustiça,
da-nos a coragem de perdoar a ofensa e
de fazer memória do amor divino a toda a prova,

promovendo a reconciliação e construindo a paz." Pe. J. A. Leitão.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

O PRECIOSÍSSIMO SANGUE DE JESUS



"Creio que Jesus Cristo, verdadeiro Deus, nascido do Pai desde a eternidade, e também verdadeiro homem, nascido da Virgem Maria, é meu Senhor, que me remiu a mim, homem perdido e condenado, me resgatou e salvou de todos os pecados, da morte e do poder do diabo; não com ouro ou prata, mas com seu santo e precioso sangue e sua inocente paixão e morte, para que eu lhe pertença e viva submisso a ele, em seu reino, e o sirva em eterna justiça e bem-aventurança, assim como ele ressuscitou da morte, vive e reina eternamente. Isto é certissimamente verdade."
Image title

“Mas eis aqui uma prova brilhante de amor de Deus por nós: quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Portanto, muito mais agora, que estamos justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5,8-9). São Pedro ensina que fomos resgatados pelo Sangue do Cordeiro de Deus, mediante “a aspersão do seu sangue” (1Pe 1, 2). “Porque vós sabeis que não é por bens perecíveis, como a prata e o ouro, que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver, recebida por tradição de vossos pais, mas pelo precioso Sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum, aquele que foi predestinado antes da criação do mundo.”(1Pe1,19) 

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

LINDA JUVENTUDE

Nossa linda juventude
Página de um livro bom
Canta que quero cais e calor
Claro como o sol raiou
Claro como o sol raiou...



É PROIBIDO

É Proibido
É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender os que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,
Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,
Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,
Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,
Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,
Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

Pablo Neruda